Suche
Generic filters
Nur genaue Treffer
Suche im Titel
Suche im Inhalt
Suche in Zusammenfassung
Voltar para a tabela de comparação Atualizado em:

O que é celulite infecciosa

O nome pode até parecer familiar, porém a celulite infecciosa ou bacteriana difere bastante dos furinhos que costumam aparecer em certas partes do corpo das mulheres, que o acúmulo de gordura pode apresentar. Mesmo sem ser infecciosa a celulite já é um pesadelo na vida das mulheres, mas nesse caso, na verdade, é uma doença muito séria e que acomete homens e mulheres de todas as idades. Sem mencionar que essa doença oferece uma série de riscos à saúde e pode causar até mesmo o óbito da pessoa infectada.

Encontre o melhor Creme para Celulite aqui.

 

 

A celulite infecciosa é causada pela entrada de bactérias em camadas mais profundas da pele, ocasionando o surgimento de sintomas como vermelhidão intensa, muita dor e inchaços – especialmente nos membros inferiores. Febre e calafrios também são sinais comuns dessa doença.

 

É importante compreender que as bactérias causadoras da celulite infecciosa – em especial, as dos grupos Streptococcus pyogenes ou Staphylococcus aureus – são bastante comuns e estão presentes na área externa da nossa derme. As complicações surgem quando elas conseguem ultrapassar essa camada, o que pode ocorrer por meio de feridas, edema, inchaços, micoses e até mesmo unhas encravadas.

 

Não sendo tratada no tempo ou da maneira correta, as bactérias responsáveis pela celulite infecciosa podem se instalar no sangue e migrar para outras regiões do corpo por meio da corrente sanguínea. Isso levará ao agravamento da doença, resultando em uma infecção generalizada com alto potencial letal.

 

Quem pode sofrer de celulite infecciosa?

 

Creme para celulite

Creme para celulite

Por ser uma doença causada por bactérias, a celulite infecciosa pode atingir qualquer pessoa, ou seja, homens ou mulheres de qualquer idade. Por outro lado, também existem uma série de fatores que podem facilitar a infecção por meio das bactérias causadores dessa doença.

 

De maneira geral, pessoas com um sistema imunológico mais debilitado são mais propensas a desenvolverem celulite infecciosa. É o caso, por exemplo, de pacientes que estão realizando tratamento contra o câncer.

 

Outros fatores que podem aumentar as chances de contágio são:

 

  • Ferida, úlcera, lesões, assaduras, bolhas e micoses;
  • Diabetes;
  • Varizes e inchaços crônicos na perna;
  • Sedentarismo;
  • Tratamentos com corticoides;
  • Alcoolismo.

 

Além destes, o aumento no nível de hormônios na puberdade e durante a gestação também podem gerar uma predisposição a infecção por celulite bacteriana.

 

Como é realizado o diagnóstico de celulite infecciosa?

 

Em geral, a celulite infecciosa pode ser diagnosticada por um dermatologista por meio da análise dos sintomas do paciente.

 

Porém, levando em consideração que os sinais deixados por essa doença podem ser muito semelhantes aos de outras infecções na pele, é possível que seja necessária a realização de exames de sangue ou mesmo exames de uma amostra da pele afetada.

 

Com isso, será possível confirmar o diagnóstico e descobrir qual a bactéria é a responsável pela infecção e iniciar o tratamento mais adequado, que costuma ser realizado com auxílio de antibióticos.

 

Quais os principais sintomas de celulite infecciosa?

 

Creme para celulite

Creme para celulite

Conforme já mencionado, os sintomas da celulite infecciosa são muitos e, não raramente, podem ser confundidos com os de outras doenças infecciosas causadas por bactérias. Por isso, caso os sinais surjam, o mais indicado é buscar ajuda médica imediatamente para evitar qualquer piora no quadro da doença.

 

Dentre os sintomas mais comuns, é possível destacar:

 

  • Dor no local afetado pela infecção;
  • Áreas extensas de vermelhidão no corpo;
  • Febre acima de 38°C;
  • Inchaço na pele com a possibilidade de produção de pus.

 

Além destes, é preciso prestar bastante atenção na evolução dos sintomas. Se surgirem outros como sonolência e bolhas ou raios vermelhos na pele, isso pode ser um indicativo do agravamento do quadro. Casos mais graves também costumam incluir tremores, arrepios, tonturas, transpiração em excesso e dores musculares.

 

Qual o tratamento para celulite infecciosa?

 

O tratamento para celulite infecciosa é realizado por meio do uso de antibióticos, que devem ser receitados pelo seu médico especialista após o diagnóstico.

 

Em casos mais leves da doença, a dose oral é mais que o suficiente para a melhora do paciente sem maiores complicações. Já casos mais graves podem exigir o uso de antibióticos intravenosos ou intramusculares.

 

Em geral, a celulite infecciosa é uma patologia, cujo tratamento pode ser realizado em casa sem maiores problemas, mas a internação pode ser necessária em quadros mais graves da doença para que a infecção seja melhor controlada com auxílio médico.

 

O tratamento com antibióticos via oral em pacientes costuma começar a fazer efeito após 10 dias e, nesse período, é necessário prestar bastante atenção à evolução dos sintomas.

 

Caso a vermelhidão aumente ou ocorra a piora de algum sintoma, como dor ou grande mal estar, será preciso retornar ao seu dermatologista para que ocorra uma nova avaliação do quadro. A parte dela, o médico pode mudar seus antibióticos ou realizar alguma outra alteração no tratamento, caso considere necessário.

 

Além disso, durante todo o tratamento contra a celulite infecciosa é essencial examinar a pele regularmente à procura de lesões e manchas vermelhas, fazer o curativo na ferida que resultou na infecção e seguir as demais recomendações do médico especialista – principalmente nos 10 dias posteriores ao início do tratamento com antibiótico.

 

Como prevenir a celulite infecciosa?

 

Por fim, também queremos destacar que é possível adotar diversas medidas incrivelmente simples para prevenir a celulite infecciosa:

 

  • Adotar uma boa higiene, o que evita o surgimento de micoses;
  • Tratar feridas de maneira adequada, protegendo as camadas mais profundas da nossa pele e impedindo que eles sejam uma porta de entrada para alguma bactéria em nosso organismo;
  • Manter a pele sempre hidratada para evitar o surgimento de rachaduras;
  • Prestar atenção a qualquer sinal de infecção em acnes ou picadas de insetos.

 

Além disso, é preciso que você não esqueça que a celulite infecciosa é uma doença grave e seu tratamento deve ser realizado com o auxílio de um médico. Por isso, ao surgirem os sintomas, procure ajuda hospitalar imediatamente.

Deixe um comentário

1 estrella2 estrellas3 estrellas4 estrellas5 estrellas (ninguna valoración todavía)
Loading...